Igreja acolhe refugiados em Maringá

Secretaria de Diaconia
Tipografia

O Ministério de Ação Social e Diaconia da Sétima IPI de Maringá realizou, durante o mês de julho, uma campanha entre os seus membros para acolhimento aos refugiados e imigrantes que vivem na cidade.

Vindos da Nigéria, Venezuela e Haiti (só no Paraná estão registrados mais de 35 mil haitianos) os refugiados são acolhidos em Maringá pelo Projeto No More, liderado pelo missionário e imigrante venezuelano, Erik Pérez Ortuño, membro da 2ª IPI.

Nessa ação de acolhimento, a Sétima IPI recolheu doações de roupas e agasalhos de frio, calçados e outros materiais de vestuário, repassando-os para o Projeto No More. “Foi muito importante esse envolvimento de uma igreja pequena como a nossa, realçando a preocupação com o próximo e acolhendo essas pessoas que, quase em todos os casos, deixaram tudo para trás para tentarem uma nova vida em nosso país. Isso é ser igreja”, destacou o Rev. Sérgio Gini, pastor titular da Sétima IPI e presidente do Presbitério de Maringá. 

Masd Stima IPI

Refugiados