Anda 2017

Coordenadoria Nacional de Adultos
Tipografia

Não vou falar nada que vocês não saibam ou cansados de escutar. É hora de andar, andarmos juntos se quisermos comemorar duzentos anos. Esta é a hora de arrumarmos a nossa casa. Não quero ferir ninguém com palavras, mas não quero ser ferido por ninguém. Vamos precisar de todo mundo, de todos que acreditam no futuro para construir uma nova vida de paz, de amor e para sermos sal da terra e luz do mundo. “Pra melhor juntar as nossas forças é só repartir melhor o pão, recriar o paraíso agora para merecer quem vem depois.”

Anda! Precisamos de uma nova reforma e não tanta liberdade, mas a liberdade que traga de volta o povo para comunhão entre os irmãos. Pregamos a liberdade mas o povo não entendeu que liberdade é a unidade entre os povos de Deus, unidos somos mais fortes, unidos como nos ensina o livro de Efésios. “Façam tudo para conservar, por meio da paz que une vocês, a união que o Espírito dá. Há um só corpo, e um só Espírito, e uma só esperança, para a qual Deus chamou vocês.” (Efésios 4.3-4)

Quando o povo de Deus se une ilumina o mundo, pois somos uma grande fogueira acessa na terra, somos as luzes que nunca se apagam pela força dos ventos de doutrinas.

Anda! O povo em dois mil e dezessete se encarregou de iluminar as festas sem ninguém dizer nada, uma luz aqui e outra lá. O povo unido é um clarão que ilumina ruas e praças. Não fique fora desta fogueira, não vire brasa!

Anda! 2017 é ano da Reforma Protestante, precisamos de todo mundo. Do povo que sabe brincar, vibrar com gestos expressivos e com alegria na alma que explode em amor.

Nós, eu e vocês, que pensamos em projetos e no futuro sabemos o quanto é duro ter que caminhar. “E ter que demonstrar sua coragem; à margem do que possa parecer, e ver que toda essa engrenagem já sente a ferrugem lhe comer...”
O povo tratado como palhaço, fizeram tantas manifestações e nada do que foi pedido para os governantes foi atendido, os operários como descartáveis, hoje são pisoteados, as pessoas negras continuam sendo escravizadas, antes nos engenhos de cana-de-açúcar, agora por falta de médicos, remédios e amor.

Como andar em dois mil e dezessete sem nada fazer? “Vida de gado. Povo marcado. Povo feliz”?

É chegada a hora de abrimos os olhos e ouvidos para a palavra que liberta: “Escutai” “Ouve, Israel”. Ouvir e acolher a Palavra de Deus. Colocar em prática, obedecer.

Anda! Vamos caminhar lado a lado, caminhando e cantando, somos todos iguais de braços dados ou não, somos uma comunidade peregrina rumo à pátria suprema e celestial.

Anda! Diria Lutero e Calvino, em 2017 ao ver uma pequena parcela da população tão rica e outra, grande, tão pobre, outros sem terra, sem teto, sem lar, sem união, sem sal, sem água, sem alimento, sem liturgia, sem compromisso com Cristo, sem amor, sem Deus.

Anda! Diz o profeta Sofonias, anunciando os castigos contra Moabe e Amon (Sf 2,9) “A geração vindoura, vossos filhos, que nascerem depois de vós, e o estrangeiro que vier de uma terra distante, perguntarão, à vista dos flagelos e das calamidades com que o Senhor tiver afligido esta terra, à vista do enxofre e do sal, e deste solo abrasador, inculto e estéril, onde não cresce erva alguma... Ser-lhe à respondido: É porque abandonaram a Aliança que o Senhor, o Deus de seus pais, tinha feito com eles quando...” (Dt 29,22-25).

Anda! Oremos “sem cessar” (1Ts 5.17).

Anda! O mundo de hoje espera por homens e mulheres de integridade moral e por comunicadores que possam respaldar o seu ministério com a sua vida.

Anda! A vida não termina no centenário, há uma vida futura com Deus para aqueles que tiverem depositado a sua confiança em seu filho Jesus Cristo. Mas também há um futuro de inferno e de separação de Deus para os que se recusam, rejeitam ou negligenciam em receber a Jesus Cristo, o qual aboliu a morte e trouxe à luz a vida e a imortalidade por meio do seu Evangelho. O que você esta esperando? Anda!

 

Presb. Odair Martins
Coordenador Nacional de Adultos