Ver o que é eterno

Devocionais
Tipografia

Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas. (2Coríntios 4.16-18)

 

O apóstolo Paulo escreve sua segunda carta à Igreja de Corinto com o propósito de animar os cristãos daquela igreja em sua jornada de arrependimento e estreitar os laços do apóstolo com a Igreja. No capítulo quarto, o apóstolo fala a respeito das dificuldades e sofrimentos que enfrentam os que seguem a Cristo.

Quantas vezes nos prendemos às momentâneas tribulações da vida e nos esquecemos que há muito mais do que podemos ver, que os tempos difíceis nada se comparam às bênçãos de Deus para nós. Para nos libertarmos é preciso olhar para Deus, reconhecer que o que é eterno só pode ser visto se nos rendermos a Cristo. Para isto, é preciso abrir mão de nossos problemas e trilharmos o caminho do arrependimento e do perdão. O amor perdoador de Deus nos leva a perdoar. Somente um coração arrependido e rendido a Cristo pode ver o que é eterno, além das momentâneas tribulações, além dos defeitos e dificuldades do presente. Para ver o que é eterno é preciso render-se a Cristo.

Oração: Senhor, me ensina a ver o que é eterno sempre que meus problemas forem maiores do que eu consiga lidar. Em nome de Jesus. Amém.

 

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara, SP
Secretário de Música e Liturgia da IPIB

_

Participe você também do Devocional 2017 da IPI do Brasil, saiba mais clicando aqui. Acesse a seção de download do site e baixe as devocionais do mês todo.