Enfrentando as batalhas

Devocionais
Tipografia

Clamou Asa ao Senhor, seu Deus, e disse: Senhor, além de ti não há quem possa socorrer numa batalha entre o poderoso e o fraco; ajuda-nos, pois, Senhor, nosso Deus, porque em ti confiamos e no teu nome viemos contra esta multidão. Senhor, tu és o nosso Deus, não prevaleça contra ti o homem. (2Cr. 14.11)

Existem desafios que são verdadeiras batalhas. João morava num bairro distante do centro, onde não havia hospitais nem médicos por perto. Mesmo aposentado, todo dia ele se levantava ainda escuro, pegava o ônibus e amanhece no centro da cidade, na porta do hospital. João tinha essa rotina há anos. Todo dia ele ia ao hospital se encontrar com sua filha. Ana foi atropelada por um caminhão e estava em coma havia muito tempo. Todo dia ele enfrentava essa luta. Perguntado se ele não se cansava de acordar cedo todo dia, João respondia sem tremer: todos os dias enfrento cada batalha de uma vez. Primeiro venço o cansaço, depois o ônibus cheio, depois venço a distância, daí venço a escadaria do hospital. Só não venci o coma da minha filha, ainda. Uma certeza eu tenho: não venceria nenhuma sem Deus. Oro todo dia a oração do rei Asa, que fala na Bíblia em 2Crônicas 14.11.

A história do João serve de exemplo para aqueles que lutam todos os dias contra as dificuldades. Elas podem nos derrubar, mas Deus olha por nós a todo instante. Não há quem possa com Deus. Continuemos na luta, confiando em Deus e fazendo a sua vontade.

Oração: Senhor, que a tua graça seja sobre mim em meio aos sofrimentos da minha vida. Em nome de Jesus, amém.

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara, SP
Secretário de Música e Liturgia da IPIB