Conhecer a vontade de Deus

Devocionais
Tipografia

Ah! SENHOR Deus, eis que fizeste os céus e a terra  com o teu grande poder e com o teu braço estendido; coisa alguma te é demasiadamente maravilhosa. (Jeremias 32.17)

A oração de Jeremias é o reconhecimento da grandeza e do poder de Deus. Mas é também um questionamento acerca da sabedoria do Senhor. Vemos Jeremias reconhecer Deus como criador, sábio juiz e redentor da humanidade. Porém, no final de sua oração, Jeremias questiona se a compra do campo em Anatote, feita obedecendo a uma ordem de Deus, tinha sido correta, visto que os caldeus em breve invadiriam a região.

Questionar a Deus não é algo fácil, mas quem nunca se perguntou: é isso mesmo que o Senhor quer? Sempre que tais questionamentos ocorrerem, devemos reavaliar nossa relação com Deus. Estou mesmo me relacionando com ele como deveria? Ou seja, sou fiel na oração e na leitura da Palavra como Deus deseja? Rever nossa relação com Deus é nos aproximarmos mais dele, para que possamos compreender o que ele quer de nós.

A resposta de Deus para Jeremias começa com uma pergunta: “acaso, haveria coisa demasiadamente maravilhosa para mim?” (v. 27) Quando as dúvidas permearem nosso coração, confiemos em Deus, ele tem maravilhas a fazer em nossas vidas. Oremos, confiantes que ele está conosco, orientando e mostrando sua vontade ao seu povo.

Oração: Deus, dá-me a clareza e o entendimento da tua vontade para que eu possa, fiel e obedientemente, obedecer-te. Em nome de Jesus, amém.

 

Reverendo Giovanni Campagnuci Alecrim de Araújo
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente de Araraquara, SP
Secretário de Música e Liturgia da IPIB