projeto maná

IGREJA PRESBITERIANA INDEPENDENTE DO BRASIL

região centro-oeste

Em Luziânia/GO, houve três grupos da igreja atuando na cidade: na região periférica sul, na região periférica leste e na região chamada baixada dos baianos, onde há grande número de pessoas em situação de vulnerabilidade social.
Em cada região tivemos a sua história marcante, alguns moradores de rua contaram que muitos de seus amigos de rua morreram com COVID-19.
————————–
ALGUNS RELATOS MARCANTES
Em uma família composta por uma mãe de 4 filhos pequenos, a igreja se deparou com um caso assustador. A mulher vive escondida do marido, com os seus pequenos filhos, por ameaças de morte. Como se isso não bastasse, ela estava sem gás para cozinhar aos filhos, pois o conselho tutelar proibiu ela de vender balinhas, sendo que essa é a sua única fonte de renda.
Ela não tem com quem deixar as suas crianças e o conselho tutelar sequer deu solução para ajudá-la nesta situação. Nesse momento, a igreja entregou as marmitas para almoçarem. Um dos filhinhos disse, “que delícia de comidinha”.
O Ministério de Ação Social e Diaconia da igreja (MASD) já está tomando providências para auxiliar na compra de gás para essa família, além de uma cesta básica e roupas para as crianças.

Ver a alegria de alguns venezuelanos que estão nas ruas e nos sinais de trânsito fazendo malabarismo para conseguir alguns trocados para comprar a marmita do dia ao perguntarmos se queriam comida não tem preço. É uma alegria indizível.

Dentre os participantes da 1ª IPI de Luziânia, membros do MASD, do Conselho da Igreja e da liderança dos nossos jovens.

CONTATO

Scroll Up